quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

"Destornar"

E ver tudo aquilo que um dia você acreditou ser, se desfazer.
E se tornar novo, n'aquilo que caminhou por tanto tempo,

Mais e menos se tornam mais próximos.
O que se tem a dizer diminuí.

E se abre a porta a outros sons...

De outras vozes,

Outras vezes

e sabores.


.

2 comentários:

Tainá de Keller e Costa disse...

Fantástico! Adoro seus textos manão!

Tainá de Keller e Costa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.